Trending

Influencer leva surra no meio da rua de ex abusivo por não perdoar traição; veja vídeo


Porto Velho - A influencer digital Milena Peixoto divulgou, na noite de domingo (9/1), vídeos que mostram a agressão sofrida em frente ao filho de 10 meses e dos avós. Nas imagens, Wenderson Albuquerque agride a ex-companheira no meio da rua.

Em suas redes sociais, com mais de 260 mil seguidores, Milena afirmou que terminou o relacionamento depois que descobriu uma traição. Wenderson, então, foi de Bodocó a Granito, ambas cidades de Pernambuco, cerca de 42,5 quilômetros de distância uma da outra, atrás da ex.

“Ele me bateu na frente de meus avós e meu filho. Meu filho e meus avós desesperados e ele não parava. Meus avós são idosos, com problema de saúde e meu filho é um bebê de colo de 10 meses. Foram quatro anos de relacionamento e daí aconteceu essa traição. Decidi falar umas verdades aqui para a amante”, contou a jovem estudante.

Milena afirmou ter prestado queixa contra o agressor, após a realização do exame de corpo de delito. Nos vídeos gravados, a influencer mostra que perdeu muito cabelo, que foi arrancado pelo agressor.

“Ele achou ruim e saiu de Bodocó, outra cidade. Tinha meia hora para pensar no que ia fazer. Invadiu a minha casa. Foi diretamente para o meu quarto, fechou a porta e disse, ‘se você não apagar o que você postou, vou dar em você’. Não deu tempo nem de responder e ele foi pegando meu cabelo”, contou a jovem.

‘Você acabou com a minha vida, vou acabar com a sua também.’. Vou arrancando um tufo de cabelo e me jogou no chão. Meu filho chorando muito e ele não parava. Ele pegou o nosso filho no braço e bateu em mim com ele no braço. Saiu com ele para a rua e eu fui atrás com uma faca. Quando ele viu que eu ia riscar o carro dele, ele veio para cima de mim, pegou a faca, me pegou pelos cabelos e me arrastou pelo asfalto. Eu louca para bater nele e ninguém deixava… Enfiei o dedo no olho dele. Ele merecia mais. Tinha um monte de gente vendo e ninguém veio separar. Só a minha família. Parem de achar que em briga de homem e mulher não se intromete. Se eu estivesse sozinha em casa, ele teria me matado”, relembrou ela, que prestou queixa contra o ex após fazer exame de corpo de delito em hospital. “O agressor está foragido, mas ele vai ser achado se Deus quiser. Ele não vai sair impune.”




Fonte:  Hora 1 Rondônia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem