Rondônia Virtual

Trending

Sem título


O DIA NA HISTÓRIA

23.9.2023 - BOM DIA!

Lúcio Albuquerque
69 99910 8325

RONDÔNIA

1917 – O prefeito Augusto Tanajura entrega ao governador Alcantara Bacellar um cartão de ouro, agradecimento pela sanção da lei elevando Porto Velho à condição de Comarca. (AM)

1926 – Derrotando o Ypiranga por 2x1, o União Sportiva sagrou-se campeão portovelhense de 1926, realização da Convenção Desportiva Municipal.

1987 – O jornalista Paulo Queiroz, presidente do Sinjor sobre o projeto do senador Bernardo Cabral que quer acabar com direito do jornalismo de mane em sigilo a fonte de informação.

1990 – A Assembleia Legislativa promulgou a Lei de Reforma Administrativa, eliminando sete secretarias e dois institutos estaduais criados pelo governo Jerônimo Santana.

COMEMORE

Dia Mundial de Combate ao Estresse. Dia Internacional das Línguas de Sinais (ONU). Dia Internacional Contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças. Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico, Dia do Sorvete. Dia do Soldador.

Católicos celebram Nossa Senhora da Salete. São Pio de Pietrelcina. São Lino, papa.

BRASIL

1919 — Criadas, pelo presidente Nilo Peçanha, as escolas de Aprendizes Artífices (Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica).

1940 – Nasce Michel Temer, 37º presidente brasileiro.

1959 – Nasce Hortência Marcari, a maior jogadora de basquete do país.

MUNDO

1846 – Johann Gottfried Galle descobre Netuno, o 8º planeta do Sistema Solar, Netuno.

2002 — Lançada a primeira versão pública do navegador Mozilla Firefox ("Phoenix 0.1").

FOTO DO DIA

RETRETA DO CAFÉ CENTRAL

Porto Velho, há 4 anos emancipado como município, as ruas ainda eram de piso de barro, poucas casas tinham luz elétrica, muita gente chegando, enfrentando as dificuldades comuns, como meio século depois também enfrentaram os que vieram colonizar o sul rondoniense.

Era o ano de 1919 e a prefeitura mandou construir um co9reto para apresentações da Corporação Musical Municipal e o coreto, bem no cruzamento das avenidas Sete de Setembro com a José de Alencar, seria desmontado, talvez retornando no ano seguinte.

Foi quando em Porto velho aconteceu o que poderia ser chamada, usando um termo muito atual, o primeiro caso de parceria público/privada: proprietários de um estabelecimento que faz parte da história da cidade, o “Café Central” fez um pedido a Joaquim Augusto Tanajura, o primeiro prefeito eleito do município.

O coreto da prefeitura, no cruzamento das ruas Sete de Setembro com José de Alencar, passaria a ser cuidado pela empresa “Café Central” e usado para apresentações musicais, pela corporação musical da cidade.

(F. Coreto do “Café Central”)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem