O dia 18 setembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

Trending

O dia 18 setembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

  

O DIA NA HISTÓRIA

18.9.2023 - BOM DIA!

Lúcio Albuquerque

69 99910 8325

RONDÔNIA

1919 – O coreto da prefeitura, no cruzamento das ruas Sete de Setembro com José de Alencar, passa a ser cuidado pela empresa “Café Central” e usado para apresentações musicais, pela corporação musical da cidade.

1946 – Promulgada a Constituição Federal. O Território terá direito a eleger um deputado federal. 

1985 – O deputado estadual Francisco Nogueira apresentou projeto de lei calendário especial para alunos da área rural, ficando sem aulas nos períodos de plantio e colheita. 

1988 – A construção civil é outro setor do Estado prejudicado pela tabela da Sunab, mesmo que o comerciante comprove que o custo do cimento é maior que a tabele oficial. 

1990 – O candidato a governador Orestes Muniz diz que a reportagem do jornal Alto Madeira, envolvendo o candidato Olavo Pires, devem merecer investigação também de órgãos federais.

COMEMORA-SE

Dia dos Símbolos Nacionais.   Dia da Família Militar.

Católicos celebram Santa Sofia, São José de Cupertino 

BRASIL

2017 – Em Porto Velho: Lei 2455/2017 cria o “Dia Municipal do Tacacá”. 

1865 – Acaba a Guerra do Paraguai. 

1946 – Deixam de existir os Territórios Federais de Iguaçu e de Ponta Porã. 

1950 – O empresário Assis Chateaubriand inaugura a 1ª emissora de TV do país e a 6ª do mundo.

MUNDO

1851 — Primeira edição do The New-York Daily Times, depois The New York Times (EUA). 

1999- O inventor Percy Spencer é reconhecido no Hall da Fama pela criação do forno de micro-ondas.

FOTO DO DIA

SILVERNANI, GOVERNADOR

Deputado estadual desde 1983, em 1992, como presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Silvernani Santos assumiu durante uma semana o governo rondoniense.

Um fato normal: como presidente do Legislativo Silvernani era o segundo da linha sucessória. Entre 1987/91 o desembargador Dimas Ribeiro da Fonseca, presidente do Judiciário, substituiu o governador Jerônimo Santana por decisões judiciais. 

Natural da cidade de Trairi (CE), Silvernani, engenheiro-agrônomo,  chega a Rondônia em maio de 1978, dentro do programa desenvolvido pelo governador Humberto Guedes para trazer profissionais de diversas áreas, com boa ênfase no setor de produção agrícola.

Segundo ouvi de vários personagens Guedes designava equipes para buscar entre recém-formados profissionais dos quais Rondônia tinha grande carência, incluindo na Saúde, Educação e Segurança. 

Em setembro de 1992 o governador Osvaldo Piana encontrava-se acamado e o vice, Assis Canuto, fora aos Estados Unidos assinar o convênio do Planafloro. Então competiu a Silvernani (FOTO), como presidente do Legislativo, e segundo na linha sucessória, assumir a governadoria.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem