Trending

Militante do MST não é homem que quebrou relógio de Dom João VI em Brasília

 

                                                                  Foto: Reprodução© Fornecido por Estadão

Quer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

É falso que um militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) seja o homem que aparece em imagens divulgadas no dia 15 pelo Fantástico, da Rede Globo, quebrando o relógio de Balthazar Martinot, trazido ao Brasil por Dom João VI, durante a invasão de golpistas em 8 de janeiro no Palácio do Planalto. Diversas postagens nas redes sociais afirmam que um jovem que usa a camisa do MST seria o vândalo mostrado no vídeo de câmera de segurança. Um perito que analisou as imagens a pedido do Estadão Verifica apontou diferenças visíveis entre as duas pessoas. Além disso, o MST informou que o rapaz é estudante no Paraná e que a Polícia Federal descartou envolvimento dele no ato de vandalismo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem