Trending

Padrasto é suspeito de amarrar pênis de criança para impedir xixi na cama


Um homem de 27 anos foi detido, nesta quinta-feira (7), suspeito de ter agredido o enteado, uma criança de 9 anos

Porto Velho, RO - Um homem de 27 anos foi detido, nesta quinta-feira (7), suspeito de ter agredido o enteado, uma criança de 9 anos, no município de Itacoatiara, no interior do Amazonas. Segundo relatos da mãe da vítima, o suspeito chegou a amarrar o pênis da criança para evitar que o menino urinasse na cama durante a noite.

O menino apresenta marcas de agressão pelo corpo e está com os lábios feridos após ser atingido com um soco pelo homem. As agressões aconteciam durante a noite, para que ninguém presenciasse, informou a polícia.

“Eu estava dormindo na rede, daí ele [suspeito] me acordou dando um monte de murro pelo meu corpo e na minha boca, que ficou toda espocada”, disse a criança em entrevista à Rede Amazônica.

O suspeito chegou a amarrar uma linha no pênis da criança para evitar que o menino urinasse durante a noite. A linha feriu as partes íntimas da vítima.

A mãe aproveitou o momento que marido saiu e fugiu de casa com a criança. Foi ela quem denunciou o caso à polícia.

“Quando fui olhar, a boca dele estava inchada. Ele subiu em cima do meu filho para ele não se espernear e nem gritar”, disse a mãe da criança, que preferiu não se identificar.

O homem foi detido em seguida e levado para a delegacia do município. A polícia ainda vai ouvir o suspeito e espera o resultado do exame de corpo delito para continuar a investigação do caso.

Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem