Trending

Advogado e policial penal são presos durante operação da Draco contra o crime organizado



Porto Velho, RO - A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (9), a fase ostensiva da Operação Sevandija, para cumprir 64 medidas cautelares, entre mandados de prisão, busca e apreensão e constritivas de patrimônio relacionado ao crime organizado.


De acordo com a Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Draco 1), que conta com apoio de outras unidades policiais, durante o cumprimento de mandados, um advogado e um policial penal foram presos.


A ação é resultado do inquérito instaurado pela Draco, que investiga organização criminosa violenta com atuação em Rondônia e, em especial no município de Porto Velho.


A investigação comprovou a existência da organização criminosa, assim como a existência de inúmeros cargos e atribuições de tarefas entre os membros, voltados, principalmente, para o tráfico de drogas e ações violentas contra rivais para garantir o controle de pontos de venda de drogas.


A Polícia apurou ainda que o grau de especialização da organização criminosa é grande, que inclusive conta com assessoria jurídica prestada pelo advogado.


De acordo com o inquérito, o profissional do Direito passou a atuar como integrante da facção, “levando e trazendo recados indispensáveis para o desenvolvimento das atividades criminosas e também se encontra envolvido ativamente na introdução de drogas e aparelhos celulares em presídios”.


Dentre os alvos presos nesta manhã também figura, além de integrantes de várias patentes da organização, agente público que intermediava a introdução de drogas e aparelhos celulares para o interior de unidades prisionais.


Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem