Trending

Membros de facção cortam pedaço da língua de jovem de 15 anos

 

Um menina de 15 anos teve pedaço da língua arrancado por membros do Comando Vermelho



Um menina de 15 anos teve pedaço da língua arrancado por membros do Comando Vermelho, na noite de quinta-feira (12), em Tangará da Serra (239 km ao médio-norte de Cuiabá). Grupo queria informações sobre o namorado da vítima, que seria da facção rival deles. Em rondas, polícia conseguiu prender 4 suspeitos do crime.

De acordo com as informações, 5 homens chegaram na casa da vítima - que estava com a família. Sendo que 3 entraram e dois ficaram no carro. Eles queriam informações sobre o namorado dela, que segundo grupo, ele seria do Primeiro Comando da Capital (PCC).

A menina afirmou que não sabia nada sobre o rapaz. Em seguida, os suspeitos fizeram uma ligação, a ordem era ela escolher entra a vida ou ‘a língua’. Os suspeitos seguraram a menina e cortaram um pedaço da língua dela. Antes de fugirem, ainda roubaram o telefone celular da vítima.

Segundo os policiais, assim que a ocorrência foi registrada, diligências começaram para prender os suspeitos. Por ser um crime de facção, alguns nomes já estavam na mira dos policiais.

Acontece que a inteligência já tinha informações que o CV cometeria crimes naquela data e já fazia o monitoramento. Um deles, menor de 17 anos, foi o primeiro a ser reconhecido como autor do ato.

Investigadores encontraram os suspeitos em uma casa usada como ponto de tráfico e também de apoio aos faccionados. Os presos têm entre 17 e 25 anos. Caso foi encaminhado à Polícia Civil.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem