Trending

Projetos para 2º mandato - Coronel Marcos Rocha fala sobre administração, meio ambiente e segurança pública em entrevista ao G1 e JRO2

 

O candidato ao governo de Rondônia Coronel Marcos Rocha (União) participou na noite desta segunda-feira (17) de entrevistas realizadas pelo Jornal de Rondônia 2ª edição e pelo G1 Rondônia. O candidato à reeleição falou sobre temas como administração, meio ambiente e segurança pública.

A ordem das entrevistas foi definida em sorteio durante reunião com os assessores dos candidatos. Na terça-feira (18), Marcos Rogério (PL) será entrevistado nos estúdios da Rede Amazônica em Porto Velho.

Marcos Rocha iniciou a entrevista falando sobre a relação com o governo federal caso o candidato defendido por ele, o presidente Jair Bolsonaro, não seja reeleito. "Eu tenho muita confiança que o presidente Bolsonaro vai ser reeleito. A gente tem uma parceria tremenda aqui no estado de Rondônia. Aqui ele teve inclusive uma votação expressiva dos nossos eleitores, então eu estou trabalhando nessa posição, na posição da reeleição dele para que a gente consiga conduzir de forma mais justa e sempre correta o nosso estado de Rondônia".

Questionado sobre como combater crimes ambientais no estado, Rocha falou sobre a importância da regularização fundiária. "A gente tem muita preocupação com a regularização fundiária. A gente vem trabalhando na regularização urbana dos nossos lotes urbanos, são milhares de lotes já regularizados. Também estamos trabalhando em parceria, inclusive fiz uma parceria com o governo federal através do Incra, onde nós colocamos servidores do estado em convênio ao Incra. Com a regularização fundiária nós vamos impedir o processo de invasão de terras. Quanto ao garimpo ilegal, ou qualquer outra atividade ilegal, o Estado tem por obrigação combater, ou seja, seguir a lei. Então é isso que a gente tem feito e as nossas forças de segurança têm atuado dentro dos princípios legais para permitir que quem trabalha legalmente possa trabalhar, e quem está ilegal tenha as sanções da lei".

Sobre a segurança pública e violência contra a mulher, o candidato falou sobre a criação do programa Mulher Protegida. "A Mulher Protegida inclusive é um projeto que impede que chegue a esse acaso. Que chegue ao caso da morte da mulher ou do feminicídio. A Mulher Protegida, além de trazer recursos, também faz essa proteção junto ao sistema da Justiça. Então o Governo do Estado destina recursos, se essa mulher estiver vítima ou com risco, ela pode até ser removida do estado de Rondônia para poder ter a proteção, não somente dela, mas também dos seus filhos. A gente tem trabalhado muito para proteger a mulher e proteger a família".

Nas considerações finais, Marcos Rocha pediu voto e falou sobre desenvolver o estado."Vamos de 44, Coronel Marcos Rocha, para que a gente continue desenvolvendo o estado e fazendo com que em todas as áreas possamos de fato trazer desenvolvimento e alegria para a nossa gente".

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem