Trending

Mulher diz ter matado filho de 1 ano para evitar que ele sofresse abusos

Polícia chegou a tentar negociar; aos agentes, ela confessou que matou o menino tampando a boca e o nariz dele com as mãos

Porto Velho, RO - Uma mulher de 43 anos matou o filho de 1 ano sufocado e ameaçou cometer suicídio na rua dos Dominicanos, no Jardim Santo André, no ABC paulista, na tarde de quinta-feira (27).

O caso ocorreu no interior da casa em que morava com o filho. A princípio, a Polícia Militar foi acionada para uma tentativa de suicídio, e os denunciantes informaram que havia cheiro muito forte de gás no local. Por essa razão, equipes dos bombeiros também se dirigiram ao endereço.

A polícia tentou negociar por três horas com a mulher, que ficou todo o tempo ameaçando tirar a vida do filho e depois se matar.

De acordo com o capitão Pavão, do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais), a mulher afirmava que a criança sofria abusos, e por essa razão ela queria dar fim a esse sofrimento. Ainda segundo o capitão, ela falava coisas sem sentido, que foram contestadas pelo pai da criança, que conversou com os policiais durante a negociação.

Os agentes pediam provas de que a criança estivesse viva, mas em nenhum momento foi ouvido nenhum barulho ou choro do menino. Por essa razão, a polícia decidiu invadir o local e retirar a criança.


Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem