Trending

ELEIÇÕES 2022 - Número errado pode invalidar votos dos eleitores

No próximo domingo, os rondonienses vão escolher o governador de Rondônia e o presidente da República

Porto Velho, RO - O número dos candidatos tem confundido o eleitor na hora e confirmar o voto nas urnas. O apoio de candidatos ao governo estadual para a reeleição de Jair Bolsonaro é um dos principais motivos da confusão. Muitos governadores que concorrem a reeleição apoiam o atual presidente, mas não são do mesmo partido de Bolsonaro.

É o caso, por exemplo, do candidato a reeleição em Rondônia. Marcos Rocha foi eleito governador em 2018 em parceria com Bolsonaro. Na época, os dois concorreram pelo PSL, com o mesmo número. Nesse ano, estão em partidos diferentes, mas seguem juntos.

Bolsonaro migrou do PSL (17) para o PL (22) e o então PSL (17) se fundiu ao Democratas, dando origem ao União Brasil (44), partido do atual governador de Rondônia, Marcos Rocha.

Por isso, nessa eleição, o atual governador Marcos Rocha concorre com o número 44 e Bolsonaro com o número 22.

A confusão com os números dos candidatos que apoiam o presidente Bolsonaro se repetiu em outros estados, como em São Paulo.

O candidato bolsonarista no estado é Tarcísio de Freitas, do Republicanos, cujo número é 10. Lá não há candidato concorrendo a governador com o número do presidente e o Tribunal Regional Eleitoral (TER-SP) identificou que 521.015 eleitores anularam o voto ao confirmar o número 22 para governador nas urnas.

Confira a ordem de votação no domingo

No próximo domingo, os rondonienses vão escolher o governador de Rondônia e o presidente da República. Além de Rondônia, outros 11 estados terão segundo turno: Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba, São Paulo, Pernambuco, Bahia, Amazonas, Alagoas e Sergipe.

Na votação, primeiro a pessoa deverá digitar na urna eletrônica o número do candidato a governador. Depois, digitará o número de quem escolheu para presidente da República.

O horário de votação em Rondônia será das 7h às 16h.

Em Porto Velho, atendendo solicitação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a prefeitura disponibilizará ônibus gratuito para o transporte de eleitores no domingo (30) das eleições. Estarão disponíveis das 6h às 18h, 88 ônibus da frota da empresa concessionária para atender o eleitorado em todos os itinerários que são cumpridos regularmente.


Fonte: Redação

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem