Trending

Sistema “Transcolar Rural” já está em fase de implantação em Rondônia


Além de atender as escolas do Estado, o sistema será cedido sem ônus aos municípios para georreferenciar suas rotas e custos

Porto Velho, RO - A fim de otimizar o acesso à Educação, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, realizou junto a Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, a celebração do acordo de parceria para implantação do sistema “Transcolar Rural”, que tem como objetivo o planejamento e gestão do transporte escolar rural, tratando-se de uma ferramenta de geração de rotas e custos para o transporte escolar rural.

A Seduc já tem acesso ao sistema e trabalha na inclusão de informações. Além de atender o Estado, o sistema será cedido sem ônus aos municípios para georreferenciar as rotas e custos do transporte escolar.

No dia 9 de junho, a adesão será repassada aos municípios cujos representantes deverão ir à Porto Velho. A princípio, os municípios que demostrarem interesse em adquirir o sistema, deverão apresentar uma carta.

O sistema “Transcolar Rural” permite, além do cadastro de dados, a otimização de rotas, cálculo de custos, mais alternativas de visualização de dados, relatórios de viagens (com várias possibilidades) com a inclusão de custos por rota/viagem, georreferenciamento automático dos estudantes das escolas rurais da Rede Estadual e Municipal de Ensino.

A Seduc já capacitou os chefes de transporte das 18 Coordenadorias Regionais de Educação – CREs. Embora esteja em fase de iniciação, o Núcleo de Transporte Escolar – NTE, iniciará em breve a capacitação nos municípios que fizerem a adesão ao sistema, dessa forma, tornando a implantação de dados rápida e efetiva.

De forma especial, o sistema ainda fornece diversas variáveis de ambiente que podem ser alteradas pelo usuário para obter resultados de diferentes estudos para o município, podendo escolher o que garante melhor conforto e qualidade dentro de seus limites financeiros.

Os responsáveis pelo transporte escolar dos municípios utilizarão o sistema no dia a dia, planejando e estudando alternativas para o transporte. Ele foi desenvolvido na Escola de Engenharia da UFMG sob a coordenação do Nucletrans, do Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia, e envolve pesquisadores de diversos departamentos da UFMG.

TRANSPORTE FLUVIAL

Rondônia será o primeiro Estado onde o sistema “Transcolar Rural” trabalhará com a malha fluvial

Será instalado na Seduc, em Porto Velho, um laboratório avançado de pesquisas sobre o transporte fluvial. Essa pesquisa irá subsidiar o desenvolvimento e aprimoramento do sistema “Transcolar Rural” para que seja incorporada a malha fluvial, com suas características, de forma que possa ser considerada na rede topológica utilizada pelo sistema de otimização.

Vale ressaltar que Rondônia será o primeiro Estado onde o sistema trabalhará com a malha fluvial, tornando precursor na pesquisa.

ESCOLHA DO SISTEMA

A iniciativa decorreu do Acordão 00409/17 do Tribunal de Contas do Estado – TCE que recomendou que seja avaliada a conveniência e a oportunidade de adotar o controle e acompanhamento de veículos do transporte escolar por meio de sistema de monitoramento georreferenciado (GPS – Sistema de Posicionamento Global).

Dessa forma, a Seduc instituiu uma Comissão Técnica para elaborar o estudo de viabilidade com análise de vantagens e desvantagens e concluiu que o sistema “Transcolar Rural” era a melhor opção.

Em meados de março, aconteceu a apresentação do “Sistema Transcolar Rural” no Teatro Guaporé e contou com a presença de representantes do Tribunal de Contas, prefeitos, coordenadores Regionais de Educação, responsáveis pelo transporte público, além do coordenador geral e coordenador técnico da Escola de Engenharia da UFMG.

Fonte: Governo de Rondônia


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem