Trending

Profissionais da Saúde do Cemetron recebem assistência médica e acolhimento psicológico



Ginástica laboral faz parte dos atendimento do Núcleo de Saúde do Trabalhador do Cemetron que funciona 24h

Porto Velho, RO - A realidade do profissional dentro de uma unidade de saúde exige habilidades técnicas e emocionais. Foi pensando em cuidar de quem cuida, oferecendo assistência médica e apoio psicológico, que o Núcleo de Saúde do Trabalhador foi implantado em 2013 no Centro de Medicina Tropical de Rondônia – Cemetron.

O hospital disponibiliza a todos os servidores, consultas com médico clínico geral, dermatologista, psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, cardiologista, ortopedista e psiquiatra.

A coordenadora do núcleo, Célia Maciel, explica que o período mais preocupante foi no enfrentamento à pandemia. “Estabelecemos rapidamente um fluxo de atendimento para realização da testagem, tratamento dos contaminados e das sequelas causadas pelo vírus”, lembra.

Durante o período mais crítico da covid-19, o atendimento psicológico, mesmo com as dificuldades por conta do alto contágio do vírus, foi realizado de forma presencial, nos jardins da unidade hospitalar, reforçando o distanciamento em local aberto e com utilização dos equipamentos de proteção individual -EPIs .


No decorrer de 2021, 284 servidores foram atendidos pelo núcleo

“Foi um período muito intenso. Nunca antes a palavra sacrifício se fez tão vívida; atendi presencialmente por escolha, para que os colegas se sentissem próximo, com uma mão amiga, alguém ouvindo. Fiquei sem consultório, o hospital estava lotado, então achamos lugar debaixo das árvores para as consultas”, relembrou o psicólogo Marcus Granjeiro.

A técnica de enfermagem, Jozilene Alves, de 52 anos, comenta que já utilizou o atendimento em diversas especialidades e acrescentou: “é muito bom contar com esse apoio dentro do nosso serviço; a gente se sente cuidada”.

O serviço ainda tem um fluxo de atendimento de urgência e emergência para os profissionais, que funciona 24 horas, caso sintam-se mal durante o turno de trabalho.

Com o objetivo de cuidar de forma preventiva, são realizados anualmente os exames médicos ocupacionais, e cada servidor é atendido pelo médico do trabalho, que solicita os exames de rotina e ergonômicos que possibilitam a detecção de doenças e podem ser tratadas de forma precoce.

“Nosso capital de maior valor, é o humano, acolhemos nossos profissionais de saúde com dedicação, para que eles tenham condições físicas e mentais para receber os pacientes” enfatizou a coordenadora, Célia Maciel.

O diretor-geral do Cemetron, Antônio Marcos destacou “cuidar dos cuidadores é indispensável, pois são eles nossa força dentro da unidade. Sempre realizamos ações para promoção do bem-estar físico e mental”.

Fonte: Governo de Rondônia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem