Trending

Professores recebem capacitação para atender alunos com necessidades especiais em Porto Velho

 

Profissionais discutem educação inclusiva na sala de aula

Porto Velho, RO - Em continuidade às ações de formação e preparação de professores, a Prefeitura promove o Encontro Formativo de Educação Especial nesta quinta-feira (12). A ação busca desenvolver um projeto piloto na busca de parcerias e contribuições na formação dos profissionais da educação básica.

O evento, que acontece no Centro de Formação dos Profissionais de Educação de Porto Velho (CFPE), no Teatro Banzeiros, é realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Universidade Federal de Rondônia (Unir).

“Esse curso é mais uma iniciativa continuada das ações de qualificação dos servidores da educação. Seguindo um roteiro coordenado, os profissionais vão sendo otimizados cada vez mais no atendimento aos alunos que necessitam de atenção especial na educação básica”, disse a titular da pasta de educação, Gláucia Negreiros.


Profissionais da educação discutem inclusão na sala de aula

A proposta da palestra de profissionais da Unir envolve o tema “Por que levar Vygotski para a escola? - contribuições para educação Especial e Inclusiva”.

Segundo a diretora do departamento de políticas educacionais da Semed, Juliene Rezende, o encontro é direcionado exclusivamente para professores que trabalham com alunos que possuem necessidades educativas especiais em sala de aula.

“A psicopedagogia do pensador que empregou o tema da formação, aponta a importância da interação do indivíduo com o meio. Dessa forma, é o contato com o ambiente, o convívio com outras pessoas e suas influências culturais que farão com que o indivíduo se desenvolva”, explica Juliene.

Vygotsky foi um psicólogo clássico do pensamento pedagógico e um marco para a educação, deixando vários legados, sendo eles: interação social, a linguagem como ferramenta cultural, a importância dos recursos culturais presentes no ambiente e a interação docente-educando. Essas contribuições foram significativas para a psicopedagogia antiga e moderna.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem