Trending

Pesquisas de Rondônia e Amazonas vão ser financiadas pelo programa Inova Amazônia; inscrições estão abertas

Edital é uma oportunidade para o fomento da Ciência em Rondônia e no Amazonas

Vilhena, RO - Com o objetivo de consolidar a Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde no Estado de Rondônia, a Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa – Fapero integra o Edital Inova Amazônia, da Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz.

O Inova Amazônia faz parte do programa de fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação, conhecido como Inova Fiocruz, que existe desde 2018 e contribui para a consolidação de grupos de pesquisas emergentes institucionais. Envolve várias linhas de atuação como Ideias e Produtos Inovadores, Geração de Conhecimento, Melhoria de Infraestrutura, considerando as pesquisas relacionadas à saúde da sociedade, suas emergências, e, os aspectos de Gestão e Territorialidade Sustentável e Responsável na área da Saúde. Em sua 1ª edição, o edital também conta com financiamentos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas – Fapeam.

Para o diretor da Fapero, Andreimar Martins Soares, a 1ª edição do Inova Amazônia é uma importante ação afirmativa e assertiva para o aprimoramento e a consolidação da Ciência, Tecnologia e Inovação em saúde. Pesquisadores doutores, pertencentes às unidades da Fiocruz em Rondônia e Amazonas, poderão submeter propostas, em formato colaborativo para a integração intra e interinstitucional, além do estabelecimento de redes de pesquisa em saúde na Amazônia Ocidental.

“Acreditamos que este programa irá contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, aprimorando as condições de pesquisa em saúde e integrando os pesquisadores tanto na área da Ciências da Saúde quanto na transversalidade das contribuições efetivas de diferentes áreas e profissionais, formando e aperfeiçoando pessoas desde a iniciação científica até o pós-doutoramento”, afirma o diretor.

Os projetos poderão seguir temas voltados à biodiversidade da Amazônia, vigilância, controle e tratamento de doenças tropicais, e negligenciadas ou emergentes na região; temas relacionados à equidade e ao bem-estar de populações vulneráveis residentes na Amazônia e na Pan-Amazônia.

As propostas deverão ser apresentadas conforme formulário eletrônico no endereço https://portal.fiocruz.br/programa-inova-fiocruz até às 23h59 do horário de Brasília, do dia 8 de junho de 2022.

Fonte: Oobservador

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem