Trending

Motivos para comemorar o Dia da Indústria


Vilhena, RO - 25 de maio. Hoje se comemora o Dia da Indústria, cujos setores têm demonstrado e se confirmado como atividades essenciais para a economia do país. A Federação das Indústrias de Rondônia (FIERO), desde sua fundação, há mais de três décadas, tem contribuído para o fortalecimento da indústria, defendendo os interesses dos mais variados setores produtivos, que são responsáveis pela geração de milhares de empregos. Neste cenário, os braços sociais da instituição, como o SESI, SENAI e IEL têm sido destaques na educação, formação e capacitação profissional de base industrial.

Mesmo com as crises econômicas do país, a indústria, ainda assim não parou de cumprir sua missão, que é contribuir para o desenvolvimento da economia. Os investimentos, sobretudo industriais, geram um verdadeiro efeito multiplicador para economia: aumentos de investimento geram crescimento da produção, que por sua vez incrementam os empregos e, consequentemente, renda, que gera consumo, mais produção e assim por diante. A indústria é a força que impulsiona o desenvolvimento.

A indústria investe em inovação, que alavanca o agronegócio e juntos geram riquezas. Ela também contribui para uma economia forte e sustentável, porque produz com responsabilidade e tecnologia em harmonia com o meio ambiente. Rondônia, trilha no caminho da inovação, tecnologia e sustentabilidade com o objetivo de melhorar o padrão de vida da população. Contribui para a redução das desigualdades regionais, contribui para as exportações, que também gera mais empregos e renda.

O desenvolvimento é a força motriz da indústria, cuja visão está permanentemente voltada para o futuro, porque desenvolver as atividades industriais é também fortalecer a economia. Em Rondônia, a indústria é responsável por 19% do Produto Interno Bruto (PIB) gerando mais de 50 mil empregos. Em todo o Brasil, a indústria é responsável pela geração de mais de 9,3 milhões de postos de trabalho, ou 20,3% de todos os empregos formais do país.

Desde o seu surgimento datado na Primeira Revolução Industrial, no fim do século XVIII, e se mantém até hoje como uma das principais atividades econômicas do Brasil e continua tão vital para a economia brasileira. Com a crise desencadeada pela pandemia do coronavírus, o país sentiu como o setor consegue inovar, assimilar tecnologias e desenvolver produtos. Graças à indústria, todos os outros setores são fortalecidos. E é ela a responsável por gerar empregos indispensáveis para a retomada econômica.

Um país do tamanho do Brasil não consegue ser sustentável sem uma indústria forte e competitiva. Você pode até não perceber, mas a indústria está presente em todos os momentos da sua vida: desde a hora que você acorda, no deslocamento para o trabalho, naquela refeição saborosa no almoço, no retorno para casa, até o momento de dormir. Se você parar para pensar, realmente, a indústria está em tudo.

O setor industrial brasileiro engloba uma série de atividades produtivas que impactam positivamente nos demais setores da economia como o comércio e o agronegócio. A indústria brasileira se organiza e três perfis setoriais: indústria extrativa, indústria da transformação e indústria da construção. Juntos esses perfis compreendem 33 setores da indústria brasileira.

Em que pesem todos os percalços, temos muitos motivos para comemorar esta data. A FIERO deseja a todos que este Dia da Indústria nos leve a refletir sobre a caminhada da indústria rondoniense e delimitar o objetivo que é transformar matérias-primas em produtos para melhorar a vida das pessoas.

Parabéns à Indústria de Rondônia. Parabéns à Indústria Brasileira.

Marcelo Thomé
Presidente da FIERO

Fonte: Oobservador

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem